Verifique se entregamos em sua cidade clicando aqui.

Um é pouco, dois é bom e três é melhor ainda

  • 3 min ler

Um é pouco, dois é bom e três é melhor ainda

Olá greenpeople, no meu último texto comentei sobre a corrida de aventura e como ela me ajudou a crescer profissionalmente e também na
vida pessoal.

Dessa vez vou escrever a respeito de um esporte mais conhecido e cobiçado: o triathlon.

O esporte como os triatletas gostam de apresentar é o nada- pedala-corre ; um seguido do outro, sempre nessa ordem.

Falar da minha trajetória no triathlon é contar um pouco da minha história de vida, conhecia o esporte pela TV, mas foi um convite despretensioso de uma amigo quando eu tinha 15 anos para fazer uma prova de Sprint ( 750m natação/20km ciclismo/5km corrida) em Copacabana que foi o ponta pé inicial, daí em diante nunca mais parei , fiz muitas provas de standard ( dobro da distância do sprint) e um ano depois minha estreia em um meio Iron Man ( 1.9k natação/90km Ciclismo/ 21km corrida). A partir daí decidi que faria faculdade de educação física e iria transformar meu hobby em profissão....
E assim foi, aos 17 anos já trabalhava como estagiário de triathlon e adquiria experiência para virar treinador ,assim como de realizar meu sonho como atleta , completar a distância mais famosa : O Ironman(3.8km natação/180km ciclismo/42km corrida). Aos 20 anos fiz meu primeiro Iron Man e realizei o que achava ser meu ápice no esporte.

Salvo engano, logo depois o triatlhon Cross country (natação + ciclismo e corrida em trilha) chegou no Brasil e veio como um presente para mim. Pude juntar um pouco dos "dois" esportes que praticava, corrida de aventura e triatlhon e buscar novas metas. Ao longo desses anos aprendi muito, somei muitas histórias, viagens e principalmente amigos, como organizador de evento fui coordenador da etapa de Natação do triathlon e do paratriathlon nas olimipadas Rio2016, como treinador orientei centenas de pessoas a iniciar no triathlon, completar uma prova de sprint, standart, 70.3 ou Iron Man (cada um tem seu Everest!), conquistamos o vice campeonato mundial de paratriathlon em Kona entre muitas outras conquistas; como atleta tive participações em mundias de diferentes distâncias (cross country, 70.3 (Meio Iron), Iron Full (Kona) e tb no Ultra Man (sim, existe uma prova maior que o Iron) onde me consagrei top ten do mundo, conquistando o nono lugar em 2016 depois de 3 dias de prova (10km natação/413km ciclismo /84km corrida.

Foi o triathlon que me ensinou o bom gerenciamento do tempo;
treinar para três modalidades, na vida pessoal cuidar da familia, gerenciar duas empresas e ainda ter tempo livre para treinar, viajar e relaxar.

A busca incansável pela eficiência, seja em um detalhe da entrada da mão na água na natação , uma posição mais aero no ciclismo ou a manutenção da técnica e controle da respiração na corrida nos últimos kilometros da prova, foram transformados no dia a dia em uma busca incansável pela excelência no trabalho, na organização dentro de casa e em uma alimentação saudável e equilibrada.

A auto confiança necessária para começar uma prova dessas, faz vc esquecer todos seus medos e anseios, se manter no presente vencendo cada etapa, fragmentando o desafio e transformando o impossível em mais uma meta alcançada.

Todas essas conquistas são apenas parte de um processo muito maior de aprendizado, de promoção da saúde, autoconhecimento, respeito ao próximo, a natureza e compreensão do que é importante na vida.

Como treinador de triathlon,organizador e atleta espero continuar transformando vidas, espalhando alegria e ajudando outras pessoas a superar desafios inimagináveis até mesmo nos melhores sonhos.

Não tenho como medir e explicar tudo que o triatlhon me proporcionou ao longo desses 22 anos e como ele continua a me desafiar a cada treino e prova, só sei que estou cada vez mais fortalecido para enfrentar os percalços da vida.

"This is a line that you have to cross to undestand ."

No meu próximo texto vou escrever a respeito da triângulo dourado ( sono, alimentação e treino) e a busca do equilíbrio....

Escrito por: Bernardo Tillman

Triatleta e Corredor de aventura
Ceo -Tribus Adventure (Assessoria Esportiva Especializada em Atividades Outdoor)
Ceo- XC Run (Trail Run)

Buscar