Alma carioca: Nazaré Metsavaht

  • 1 min ler

Alma carioca: Nazaré Metsavaht

Convidamos Nazaré Metsavaht para estrear a coluna Alma Carioca. Confira nosso bate papo: Rio é uma inspiração para o mundo, o que te inspira no Rio? Certamente o mar e a topografia. Até os dias de sudoeste me encantam! O que melhor define a mulher carioca? Pergunta difícil. Mas acho que mulher carioca é uma mulher que gosta de si, cuidando muito bem da sua saúde, que tem uma ligação grande com a natureza mas que mesmo assim é uma mulher antenada no mundo. Seus lugares preferidos no Rio? Praia do Arpoador no inverno, a Mesa do Imperador, Santa Teresa e sempre me emociona muito quando volto de um tempo grande fora do Brasil e atravesso o Túnel Rebouças e encontro a Lagoa, as montanhas e seus prédios! Espero que isso nunca deixe de me emocionar. Uma memória de infância? Morei numa rua onde só vivia minha família. Éramos muitos e brincávamos muito, brincadeiras de rua mesmo! Tive uma infância privilegiada, longe de playgrounds convencionais! Subindo em pé de manga e jaqueiras. Não trocaria minha infância por nenhuma outra. Seu Greenpeople preferido? Ouro feito com abacaxi, hortelã, linhaça e manga.

Buscar