Antioxidantes para Atletas

  • 1 min ler

Antioxidantes para Atletas

O funcionamento natural e normal do nosso organismo acaba produzindo algumas “sobras”, que são os chamados radicais livres. Não há como fugir deles, já que são produzidos na respiração, pelo contato com a poluição e pelo stress, mas também através do tabaco, álcool e outros hábitos não saudáveis. Esse processo é completamente natural, porém, quando em excesso, os radicais livres podem acabar causando danos às células, provocando envelhecimento celular precoce, afetando o sistema imunológico e até propiciando o surgimento de células cancerígenas. Atletas que treinam com intensidade e frequência diária, consomem e gastam mais energia gerando assim maior quantidade de radicais livres que precisam ser neutralizados para que o bom funcionamento celular seja preservado. Ou seja, quanto mais “limpo” e livre de toxinas a célula estiver, mais energia é gerada, o que é um fator imprescindível para a melhora da performance. Os agentes antioxidantes, presentes em diversos alimentos, são capazes de fazer exatamente esse trabalho, bloqueando a ação dos radicais livres e anulando seus efeitos. Prestando atenção às nossas escolhas, é possível ter uma alimentação rica em antioxidantes de forma fácil e deliciosa! Existem diversos tipos de antioxidantes encontrados exclusivamente nos mais diferentes alimentos de origem vegetal. Todo atleta e praticante de atividade física precisa prestar atenção às suas escolhas alimentares e incluir esses alimentos de forma variada seu no dia a dia. Veja alguns exemplos: -Vitamina C: abacaxi, limão, couve, espinafre -Vitamina E: oleaginosas -Flavonóides: suco de uva, beterraba, juçaí e morango -Betacaroteno: manga, cenoura, beterraba -Licopeno: tomate, melancia e goiaba -Catequina: matchá, chá verde e chá preto *por Alessandra Luglio, nutricionista

Buscar