Alma carioca: Marina Ruy Barbosa

  • 2 min ler

Alma carioca: Marina Ruy Barbosa

marina-ruy-barbosa-estreia-nesta-terca-feira-28-em-amor-a-vida-a-atriz-sera-a-nicole-uma-jovem-que-descobre-ter-uma-doenca-terminal-a-personagem-alem-de-estar-a-beira-da-1369772569707_1920x1080 Esse mês convidamos Marina Ruy Barbosa para a coluna Alma Carioca. Eleita a mulher mais sexy do mundo, Marina vive na ponte área e adora passar para pegar seus sucos no nosso quiosque do aeroporto Santos Dumont. Rio é uma inspiração para o mundo, o que te inspira no Rio? Os cariocas, sem dúvidas! Não preciso citar os milhares de problemas que a cidade enfrenta. Apesar disso, o carioca tem uma energia que é muito particular. Mesmo em tempos difíceis, o sorriso no rosto é garantido. Sem contar essa pré-disposição para os encontros, para reunir amigos, celebrar os encontros que só uma cidade como o Rio permite que aconteçam. O que melhor define a mulher carioca? É complicado generalizar, mas a impressão que tenho é que a mulher carioca tem uma boa relação com a sua auto-estima. Acho que a cidade inspira essa maneira como a mulher carioca olha para si mesma. Seus lugares preferidos no Rio? Os lugares ao ar livre são maravilhosos. Sou fã de muitos restaurantes e tenho enorme prazer em descobrir alguns lugares históricos, como construções antigas que guardam memórias das primeiras pessoas que coloram os pés em terras cariocas. Se não fosse o Rio, onde moraria? Acho que São Paulo. Eu tenho divido os meus dias entre Rio e São Paulo. Tenho um carinho enorme pela cidade, apesar de ser tão diferente do Rio, que é a cidade onde nasci e cresci. Mas, honestamente, a minha profissão me permite conhecer lugares tão incríveis que fica difícil responder essa pergunta. Uma memória carioca de infância? A minha fase escolar. Estudei em uma escola tradicional e, apesar da vida regrada e disciplinada, eu curti demais a rotina escolar, as amizades que fiz, o relacionamento com os professores. Acho tão importante ter essa relação saudável com a escola. São memórias que a gente carrega para vida. As minhas lembranças são muito felizes. Seu Greenpeople preferido? Pink Chia. Amo!

Buscar